David Simon está de volta! The Deuce (HBO) : Primeiras impressões

Finalmente depois de 5 anos longe da TV, David Simon está de volta e trazendo The Deuce, a melhor estreia do ano!

 

Desde que o projeto foi anunciado em 2015, foi impossível eu não me empolgar. Sò de ver a escalação de James Franco e Maggie Gyllenhaal, para uma série HBO do David Simon, criador da obra-prima The WIre e também de Show Me A Hero e Treme, era garantia de qualidade. E não deu outra.

A premissa é a seguinte: The Deuce é ambientada e em New York e conta a história da legalização e do crescimento da indústria pornô americana nos anos 70 e 80.

A história é inspirada em dois irmãos gêmeos (James Franco) que tornaram-se precursores no controle da máfia lucrativa na indústria do sexo.

Sabe Magnífica 70, aquela série nacional da HBO? Então, a ideia da sinopse me remeteu muito à ela, mas em prática, a série tem um ar e puxa muito mais de The Wire – em sua construção narrativa, e como trabalha o protagonismo em cima de um movimento -pornô- que a cerca a cidade de New York, e não em um protagonista específico.

Simon mais uma vez consegue introduzir muitos personagens a trama tudo de maneira muito fluida e coesa, e o interessante é ver que nem um deles estão ligados diretamente neste início, mas todos seus ideais são os mesmo e que fará com que consequentemente todos se cruzem alguma hora.

David Simon constrói universos como ninguém e The Deuce é mais uma prova disso

O que mais impressiona aqui é o trabalho de construção de universo. Assim como Baltimore brilha em The Wire, New York faz o mesmo papel aqui em The Deuce, é mais uma vez Simon trabalhando fora do padrão comum imposto e jogando a realidade dura e crua na sua cara

É de cair o queixo a fidelidade que a série passa com a New York dos anos 70. Desde os figurinos, as ruas lotada de lixo à as músicas escolhidas – com direito a “Sexy Machine” de James Brown, que foi lançada na mesma 1971.

É um trabalho meticuloso mas que faz toda a diferença. Me encantei com isso, assim como foi em Mad Men. São esses pequenos detalhes de produção, que vemos o quanto especial é o que estamos a assistir.

E falando em trabalho bem feito – algo que não falta aqui. Preciso dizer das atuações e em especial a do James Franco:

Que ator versátil e bom ele é, não!? Vejo muitos criticarem ele porém, quando se para para a analisar sua atuação, não tem como criticar. A mudança de sotaque e carga dramática imposta em Frankie, é muito diferente e fácil de diferenciar perto do Vincent, mas ainda assim, Franco não faz soar caricato em momento algum.

É mais uma atuação sólida do ator, conseguindo levar todas suas cenas de modo simples e carismático, assim como a Maggie Gyllenhaal e Gary Carr.

Ainda falando do elenco, como não poderia faltar, há pelo menos 3 atores de The Wire neste piloto e são eles: Lawrence Gilliard Jr. (D’Angelo Barksdale), Anwan Glover (Slim Charles) e Gbenga Akinnagbe (Chris Partlow – Este que é um dos meus personagens favorito de ‘Wire)

The Deuce é a melhor estreia do ano!

Além de ter David Simon como criador/roteirista, a série traz o retorno de seu parceiro George Pelecanos (também de The Wire e Treme) como produtor executivo e na direção Michelle MacLaren (Breaking Bad, Game of Thrones).

Estou destacando esses nomes, pois é incrível como eles conseguem conduzir às 1h25min de piloto, de maneira cativante, que vai te ganhando a cada cena. Não há uma cena em que não seja fundamental para o desenrolar da trama, e por mais que a putaria role solta algumas horas, nunca é nada exagerado e que não tenha coesão com a história.

É David Simon em sua melhor forma assim como em The Wire. Para quem estava preocupado, ele voltou tão afiado como em 2008.

Esse ano tivemos grandes estreias como The Handmaid’s Tale (Hulu), Legion (FX) e Snowfall (FX), mas até que enfim a grande aposta da HBO chegou e posso cravar que é a melhor estreia do ano.

The Deuce estreia na HBO Brasil dia 10 deste mês. IMPERDíVEL!

OS MEMBROS DO CLUBE DOS RABUGENTOS SÃO MUITO FELIZES!

O site Nerd Rabugento é independente e não depende de patrocinadores para existir. E para que o Nerd Rabugento continue INDEPENDENTE, TORNE-SE MEMBRO DO CLUBE DOS RABUGENTOS!

O Nerd Rabugento não dá dica ruim e você confia nessa afirmação. Torne-se Membro do Clube, tem um valor que cabe no seu orçamento. E tem um monte de vantagens que nenhum outro Clube oferece. Mas se você não quiser se tornar membro e ainda assim quer contribuir, clique no segundo link. A sua contribuição ajuda demais o canal a se manter.

QUERO SER MEMBRO ➜     QUERO CONTRIBUIR ➜